Prefeitura de Gravataí mantém o valor de R$4,80 até o final do ano na passagem dos ônibus municipais

O projeto de Lei 26/2021, foi enviado à Câmara de Vereadores pelo Prefeito Luiz Zaffalon, o projeto inclui medidas para equilibrar os déficits causados pela pandemia e assim manter um preço fixo no valor da passagem.

Até o final do ano, deverá se manter o valor de R$4,80 para a passagem de cada usuário no transporte dos ônibus municipais, isso acontecerá por meio da concessão de subsídio orçamentário extraordinário nas modalidades de indenização e de aporte a tarifa do transporte, tudo isso nos termos da Lei Federal 12.587/2012.

“Só no ano passado, os ônibus municipais, que são os de nossa responsabilidade, tiveram uma redução de passageiros próxima dos 60%. Isso afetou o equilíbrio econômico e financeiro do sistema de transporte municipal significativamente, além do aumento dos preços dos insumos, especialmente do combustível. O que precisa ficar claro é que o serviço precisa ser sustentável. Se a tarifa não está conseguindo fazer com que isso ocorra, o poder concedente, que neste caso é o município, precisa cobrir o custo” explica Zaffa.

O executivo está pedindo um crédito antecipado de R$1,152 milhão, para ajudar nas contas do ano de 2021, é o que informa Adão de Castro que é secretário Municipal de Mobilidade Urbana, que ressalta também que poderá haver um aumento do tamanho da frota, novos itinerários e concessão de gratuidades.

“Onde o crédito será aplicado, assim como as outras medidas de enfrentamento a um possível colapso do transporte público municipal estão sendo estudadas pelo município”, pontuou o secretário.

Direitos autorais da foto: Bing