Em abril, Porcentagem de Famílias Endividadas Cresceu

Em abril deste ano, as famílias brasileiras com dívidas em atraso cresceu para 67,5% sendo que no mês de março o percentual era de 67,3%.

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), divulgou nesta terça-feira (4) os dados da pesquisa.

O que chama atenção na pesquisa é que o resultado do mês de abril do ano passado é menor que o percentual desse ano, e é o índice mais alto desde agosto de 2020 quando registrou 67,5% de aumento de famílias com dívidas em atraso.

Segundo a pesquisa, 10,4% das famílias não terão condições de pagar suas dívidas em atraso ou não, porcentagem essa que é maior que abril de 2020, quando o percentual era de 9,9%.

Outro índice que teve aumento na pesquisa foi o de famílias que utilizam o cartão de crédito como principal modalidade e registrou um recorde de 80,9% do total das famílias que são reféns do cartão de crédito.