Chegou o 14º Salário Do INSS Em 2022

A criação de um abono anual emergencial destinado aos aposentados, pensionistas e demais segurados do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), instituindo na prática o pagamento de um 14º salário durante o período de pandemia da Covid-19, ainda segue em tramitação na Câmara dos Deputados.

A proposta original elaborada em 2020, pede o pagamento do benefício de forma excepcional para os anos de 2020 e 2021, caso seja aprovado. Contudo, como houve a demora em sua tramitação, o benefício foi redefinido para ser pago de forma retroativa em 2022 e 2023.

Quando o 14º salário será pago?

Inicialmente a proposta definia que o 14º salário do INSS fosse pago durante o período de pandemia da Covid-19, ou seja, em 2020 e 2021.

Contudo, devido a demora na análise da proposta e o prazo que havia expirado, a Comissão de Finanças e Tributação, havia previsto que o benefício foi pago em março de 2022 e março de 2023.

Contudo, como a proposta ainda segue em análise e a data prevista para este ano já expirou, caso seja aprovado, a Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania deve definir uma nova data de pagamento para o benefício

Quais segurados do INSS vão receber o 14º salário?

Caso a proposta seja aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo presidente da República, o 14º salário será pago aos segurados que recebem algum dos seguintes benefícios:

  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão.

Calendário da PRIMEIRA parcela para quem ganha até um salário mínimo:

  • Benefício final 1: recebe dia 25 de agosto;
  • Benefício final 2: recebe dia 26 de agosto;
  • Benefício final 3: recebe dia 29 de agosto;
  • Benefício final 4: recebe dia 30 de agosto;
  • Benefício final 5: recebe dia 31 de agosto;
  • Benefício final 6 recebe dia 01 de setembro;
  • Benefício final 7: recebe dia 02 de setembro;
  • Benefício final 8: recebe dia 05 de setembro;
  • Benefício final 9: recebe dia 06 de setembro;
  • Benefício final 0: recebe dia 08 de setembro.

Calendário da PRIMEIRA parcela para quem ganha mais de um salário:

  • Benefício final 1 e 6 recebe dia 01 de setembro;
  • Benefício final 2 e 7: recebe dia 02 de setembro;
  • Benefício final 3 e 8: recebe dia 05 de setembro;
  • Benefício final 4 e 9: recebe dia 06 de setembro;
  • Benefício final 5 e 0: recebe dia 08 de setembro.

Calendário da SEGUNDA parcela para quem ganha até um salário mínimo:

  • Benefício final 1: recebe dia 24 de novembro;
  • Benefício final 2: recebe dia 25 de novembro;
  • Benefício final 3: recebe dia 28 de novembro;
  • Benefício final 4: recebe dia 29 de novembro;
  • Benefício final 5: recebe dia 30 de novembro;
  • Benefício final 6: recebe dia 01 de dezembro;
  • Benefício final 7: recebe dia 02 de dezembro;
  • Benefício final 8: recebe dia 05 de dezembro;
  • Benefício final 9: recebe dia 06 de dezembro;
  • Benefício final 0: recebe dia 07 de dezembro.

Calendário da SEGUNDA parcela para quem ganha mais de um salário:

  • Benefício final 1 e 6: recebe dia 01 de dezembro;
  • Benefício final 2 e 7: recebe dia 02 de dezembro;
  • Benefício final 3 e 8: recebe dia 05 de dezembro;
  • Benefício final 4 e 9: recebe dia 06 de dezembro;
  • Benefício final 5 e 0: recebe dia 07 de dezembro.

Quem terá direito ao 13º salário este ano

O 13º salário do INSS será pago em 2022 aos segurados que recebem os seguintes benefícios:

  • Aposentadoria;
  • Pensão por morte;
  • Auxílio-doença;
  • Auxílio-acidente;
  • Auxílio-reclusão.

Os segurados que receberam benefícios temporários (aqueles em que há previsão de interrupção dos pagamentos ainda em 2022) também recebem valor proporcional ao 13º salário.

Já no caso dos benefícios assistenciais, como ocorre no Benefício de Prestação Continuada (BPC), estes não possuem direito ao 13º salário pago pelo INSS.

Leia também: Como aumentar seu limite no Nubank?
Leia também: Como resgatar dinheiro no PicPay?