Nesta segunda-feira inicia a campanha de vacinação contra a gripe

Nesta segunda-feira (12), inicia a Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe, serão no total 3 etapas da campanha, que irá totalizar 5 milhões de pessoas aptas a receber a vacina no Estado do Rio Grande do Sul.

A campanha começará imunizando grupos de crianças de 6 meses a menores de 6 anos, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde e povos indígenas.

Os idosos com 60 anos ou mais e professores poderão se vacinar a partir do dia 11 de maio, na última etapa que começa no dia 9 de junho e termina no dia 9 de julho, irão se vacinar os grupos prioritários que são: pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência permanente e outros.

Para receber a vacina o público deve levar a carteira de vacinação e as crianças que receberem a vacina pela primeira vez terão que receber uma segunda dose, com no mínimo de 4 semanas entre a aplicação delas.

Vacina contra Gripe x Covid

Ainda não há estudos que comprovem a aplicação de vacina da gripe em conjunto com a vacina contra a Covid. Porém, a recomendação é manter um intervalo de 14 dias entre a aplicação das duas vacinas, dando sempre preferência a aplicação da vacina da Covid.

Etapas de Vacinação:

1ª Etapa: 12 de abril até 10 de maio:

  • Crianças acima dos 6 meses e menores de 6 anos;
  • Gestantes e puérperas;
  • Trabalhadores da saúde;
  • Povos indígenas.

2ª Etapa: 11 de maio até 8 de junho:

  • Idosos acimas dos 60 anos;
  • Professores.

3ª Etapa: 9 de junho até 9 de julho:

  • Pessoas com comorbidades;
  • Pessoas com deficiência permanente;
  • Trabalhadores de transporte coletivo;
  • Trabalhadores portuários;
  • Caminhoneiros;
  • Forças Armadas;
  • Forças de segurança e salvamento;
  • Funcionários do sistema prisional;
  • População privada de liberdade.

18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs) já receberam 368.830 doses de vacina contra a gripe, o que equivale a cerca de 29% da população prevista para a primeira etapa da Campanha.

A meta da Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe é a aplicação de 90% de cada grupo e o municípios podem definir a data do Dia D de mobilização da vacinação contra a gripe, que consiste em um sábado o posto de saúde ou casa de vacinas ficarem a aberto aos grupos que forem ser imunizados.