Roubo de Energia Elétrica aumenta em Gravataí

Uma denúncia foi registrada e atendida nesta segunda-feira dia 12, no bairro Nova Conquista, em Gravataí, a polícia civil junto aos técnicos da RGE (empresa responsável pela energia elétrica em Gravataí).

Ao verificar a caixa de luz (relógio), eles confirmaram o furto de energia elétrica (gato), confirmando o crime a dona do estabelecimento (padaria), que não teve seu nome divulgado, foi levada presa em flagrante.

Justiça gaúcha proíbe corte de energia elétrica

A Justiça gaúcha concedeu liminar e determinou que as concessionárias CEEE e RGE não cortem a energia elétrica de consumidores inadimplentes. A decisão do juiz João Ricardo dos Santos Costa, da 16ª Vara Cível do Foro Central da Comarca de Porto Alegre, foi proferida na quinta-feira (7) ao analisar ação da Defensoria Pública do Estado. A multa é de R$ 2 mil por dia, em caso de descumprimento.

Donos de negócios locais são presos em diversas cidades

Devido ao aumento do desemprego nas grandes cidades e capitais, dados apontam aumento em furtos de energia elétrica, muitos comerciantes locais presos por denúncia de gato alegam o mesmo motivo, com a chegada da pandemia, para conseguir manter seus negócios ativos sem afetar o lucro baixo que estão tendo, tiveram que praticar o roubo de energia elétrica, para seguir com seus negócios operando.