Primeira dose de vacina em falta e Prefeitura de Gravataí emite alerta para a segunda dose

Na terça-feira (13), acabaram todas as vacinas que eram destinadas à primeira dose e não há previsão de retomada no calendário de vacinação da primeira dose para idosos a partir dos 62 anos.

Só será possível retomar as vacinações, após a Secretaria Municipal da Saúde (SMS) receber um novo carregamento com as vacinas.

“A regularidade de recebimento tem ocorrido nos finais das semanas e, para esta, estamos aguardando esta mesma rotina, mas nada nos foi ainda confirmado”, informa Vanessa Prates, coordenadora da Vigilância Municipal da Saúde (Viemsa), ela reforça também que o município vinha recebendo semanalmente carregamentos com as vacinas, e que o Estado nesta terça-feira (13), ainda não informou quando será recebida a próxima remessa com a primeira dose da vacina.

Segundo dados da Viemsa, 3.500 pessoas, sendo a maioria idosos, não aparecem para fazer a dose complementar, com esses dados a Prefeitura de Gravataí por meio da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), faz o alerta para que todos se atentem a tomar a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Para saber quando tomar a segunda dose da vacina, será preciso verificar o período de retorno, que deverá constar na sua carteira de vacinação.

O tempo de retorno varia entre 21 a 28 dias para a Coronavac, ou 90 dias para a AstraZeneca/Oxford.

46.708 doses já foram aplicadas no município, o que resulta em 78,9% das 59.207 doses recebidas desde o início da campanha. 
Régis Fonseca, secretário da Saúde informa que é importante as pessoas ficaram informadas para o prazo de retorno para tomar a segunda dose da vacina, “O tempo entre uma dose e outra é extremamente importante para a eficácia da vacina. Quem não faz as doses no período estipulado pelas fabricantes pode acabar não ficando imunizado contra a doença”, comentou.