Quem era o Maestro Ruschel?

Entenda quem era o Maestro Agostinho Ruschel, que faleceu em Gravataí, aos 74 anos de complicações cardíacas.

O Maestro Agostinho Ruschel, deixou a esposa Rosani e o filho Igor Daniel Ruschel.

Ele era natural da cidade de Estância Velha, e desde 2002 é cidadão Gravataiense por homenagem da câmara de vereadores.

Luiz Zaffalon, decretou luto oficial neste domingo. O Maestro foi o arranjador, compositor e autor do Hino de Gravataí.

“Não temos palavras para expressar a dor que sentimos. Palavras nunca foram nosso forte.

Nossos sentimentos à esposa e ao filho Igor Daniel Ruschel, que também é maestro. Durante  39 anos foi nosso condutor, nosso farol e nossa inspiração.

Que Deus o receba de braços abertos, de uma única coisa temos certeza: anjos cantarão mais afinados e com arranjos belíssimos a partir de agora” – lamenta em nota o Coral de Arte é Cultura, regido pelo Maestro.

Ao longo de sua carreira fundou alguns Coros no Estado, publicou o manual do corista, amplamente divulgado entre os Coros.

Além de Música, cursou também filosofia e Teologia. E desde cedo notabilizou-se por sua atuação no movimento coral Gaúcho. Ele fez o álbum de exercícios, vocálicos, arranjos e adaptação, para Coro infantil e infanto-juvenil. Suas composições são amplamente divulgadas em todo país.

A frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre, desde 1973 por 43 anos, suas turnês artísticas percorrem o Brasil. Em países da Prata e alguns da Europa como Alemanha, França, Áustria e Luxemburgo sempre com sucesso de público e crítica.

Também se apresentou em algumas catedrais mais famosas do mundo, como a de Notre Dame de Paris, Catedral de Colônia e a Catedral de Luxemburgo.

Ele gravou pelo menos quatro discos e gravou três CD’s.

Com condecorações como diploma de honra ao mérito da cidade alemã de Simmern-Sul da Alemanha pelo trabalho cultural desenvolvido à frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre, referente a imigração Alemã no Estado.

Em Dezembro de 1980 o jornal Agência de Notícias-Artes Musical, de Petrópolis (RJ) já apontava:

Conhecíamos, até então, esse competente regente e exímio arranjador que é o Maestro Agostinho Ruschel. Pelo que já apresentou, já está entre os melhores arranjadores de Coral do Brasil. E a regência do mesmo é firme e corretíssima, sem exageros, possuindo uma ampla visão do ofício que parte dos mínimos detalhes para abranger o todo… –

Em Julho de 1998 foi agraciado pela Federação Alemã de Coros com agulha de prata, para Regentes, pelos 25 anos de regência à frente do Coro Masculino 25 de Julho de Porto Alegre.