Em Glorinha Quadrilha que faturou mais de 3 milhões é presa

Os suspeitos que integram quadrilha de estelionatários foram presos em Novo Hamburgo, Campo Bom e Gravataí (foto)Polícia Civil / Divulgação

Nesta sexta-feira (9), a Polícia Civil cumpriu a Operação Compra à Prazo, em Glorinha, o alvo era uma quadrilha que atuava praticando crimes de estelionato, organização criminosa e falsificação de documentos.

Duas empresas de fachadas foram montadas pela quadrilha, as quais eram usadas para aplicar diversos golpes, os principais, em empresários do ramo da construção e da venda de equipamentos industriais.

A operação durou ao todos 04 meses, e foi investigada pela delegacia de Polícia de Glorinha, e foi constatado que a quadrilha faturou mais de 3 milhões de reais.

19 Ordens Judiciais foram cumpridas, sendo 13 mandados de busca e apreensão e 6 de prisão temporária, em Gravataí, Glorinha, Novo Hamburgo, Campo Bom e Guaíba, a ação foi concluída por 60 policiais em ação.

Foram apreendidos: um caminhão, um carro, uma arma, telefones celulares e outros objetos que julgaram necessários para a investigação e resultou também na prisão de 5 pessoas.